Novo acesso para sócios

Em nosso site (www.clubedecampodesp.com.br), temos um novo espaço de acesso para os sócios no “Meu Clube”. Mais facilidade e modernidade aos nossos associados.

Agora é possível conferir o extrato financeiro e gerar a 2ª via de boleto. Além disso, é possível reservar os alojamentos do Clube (Sede Campestre, Trenzinho e Novos Apartamentos). Também será possível divulgar e conferir as Casas e Apartamentos dos associados que desejarem alugar ou vender. Com muito orgulho lançamos também nosso acervo da memória digital. Fotos, arquivos e vídeos da história do Clube, na palma da sua mão. Aproveite esse período de quarentena para matar a saudade. Afinal, relembrar é viver!

A outra boa notícia é que a senha agora é única, ou seja, o acesso será com o número de título e a senha da comanda eletrônica.

Esperamos que sua experiência seja cada vez melhor.

Acesse e confira!

Atividades ao ar livre aumentam a sensação de bem-estar e melhoram a qualidade do sono

Contato com a natureza também reduz crises de ansiedade em adultos e crianças

A prática de alguma atividade física tem sido a principal opção de muitas pessoas que buscam saúde e qualidade de vida em meio à rotina atribulada que se vive em grandes centro urbanos como São Paulo. O que muitos não sabem é que o contato com a natureza e o desenvolvimento de atividades ao ar livre, desde uma simples caminhada até esportes mais complexos, como vela, hipismo, golfe e tênis, potencializam os benefícios que os exercício físicos proporcionam ao corpo e à mente, seja para adultos ou para crianças.

Sensação de bem-estar e melhoria na qualidade do sono são alguns dos efeitos positivos que se conquista ao praticar atividades ao ar livre em espaços próximos da natureza como o Cube de Campo de São Paulo. Isso porque o corpo aumenta a produção de alguns hormônios ao receber raios solares, por exemplo. “Quando tomamos sol e temos contato com a natureza, produzimos mais serotonina, que é o hormônio que regula nosso humor, o sono e até o apetite, por isso a sensação de bem-estar é maior”, destacou o educador físico e supervisor de esportes do Clube, Marcos Roberto Silva do Prado.

De acordo com o especialista, ao praticar um esporte em locais abertos, é possível também aumentar o foco, a resistência e o ganho muscular, além de trabalhar com novos desafios. “Quando sai da rotina do exercício em academia, por exemplo, e encontra um ambiente aberto e exuberante como o do Clube de Campo, você aumenta o foco e percebe que é possível trabalhar só com o próprio o corpo, sem máquinas. E o desafio está em superar os efeitos da própria natureza, como fazer uma corrida enfrentando a força do vento. O rendimento aumenta e os resultados também”, detalhou.

Crianças
No caso das crianças, a atividade ao livre é recomendada para proporcionar um desenvolvimento global mais completo. “Na primeira infância é preciso brincar e desenvolver atividades em meio à natureza, e isso tem sido deixado de lado em função do contato excessivo com telas e tecnologias”, destaca o pediatra neonatologista Fabiano Fonseca. Segundo ele, brincar e se exercitar ao ar livre ajuda no desenvolvimento cognitivo, das habilidades motoras e também da saúde física.

Entre os benefícios para os pequenos estão a manutenção do peso e do nível do colesterol adequados para idade e o aumento na produção da melatonina, hormônio que regula o sono. “Hoje já está provado que a criança que assiste a muita televisão e vê, principalmente, imagens com a cor azul apresenta a diminuição da melatonina, então ela acaba dormindo menos”, explicou o médico.

Mente
Tanto para adultos quanto para crianças, os benefícios da atividade ao ar livre para a mente são unanimidade entre os dois profissionais. “Ao estar em contato com a natureza realizamos atividades coletivas, nos desconectamos, fazemos novos amigos e socializamos mais”, enfatizou o educador físico. “Uma criança que brinca e se exercita ao ar livre sofre menos com ansiedade e reduz o risco de desenvolver depressão, uma vez que melhora a saúde mental como um todo e equilibra os neurotransmissores. Isso vale para os adolescentes e adultos também”, finalizou o pediatra.

Clínicas de férias

Iniciar esportes durante a infância é essencial para incentivar a vontade das crianças em praticar atividades físicas. Além disso, as modalidades ajudam no desenvolvimento mental e físico! Por isso todas as férias, janeiro e julho, o Clube faz clínicas de férias para crianças e adultos e com isso uma nova possibilidade de iniciar um novo esporte para preencher o tempo e aprender ou aprimorar uma nova atividade!

Durante todo o mês foram mais de foram 253 participantes nas diversas modalidades nas clínicas de beach tennis, futebol, tênis, golfe, equitação, volteio, vela e bike. Também foram propostas atividades lúdicas, gincanas, brincadeiras monitoradas e acantonamento que fizeram a alegria das crianças neste mês de julho!

A clínica de bike, foi realizada pela segunda vez no Clube, e tinha como objetivo ensinar as crianças a andarem sem rodinha ou aprimorarem sua técnica na bicicleta. Junto com as demais atividades de férias, foi um sucesso.

Reintrodução de animais silvestres à vida livre no Clube de Campo

Cada um dos animais possui um papel importante para o equilibro da natureza. Poucos sabem, mas abrigamos uma das maiores biodiversidades de fauna silvestre na cidade de São Paulo.

Há anos o Clube colabora com um projeto de reintrodução de animais à vida livre na natureza. O trabalho de levar de volta, ao seu hábitat natural, animais que foram apreendidos ou feridos tem uma complexidade técnica importante, e passa a ser um instrumento de conservação da biodiversidade e do ambiente que está recebendo o animal.

Os animais são cuidados, tratados e, quando estão aptos para voltar a viver livremente, são trazidos pelo DEPAVE 3 (Divisão Técnica de Medicina Veterinária e Manejo da Fauna Silvestre da Prefeitura Municipal de São Paulo) em caixas apropriadas para transporte, e soltos no Clube, nos locais compatíveis com cada espécie trazida, com todo o suporte profissional e legal exigidos.

Desde 1996, mais de 1.700 animais foram reintroduzidos à vida livre no ambiente preservado do Clube. Foram mais de 1.500 aves, 70 mamíferos e 30 répteis.